Como transformar seu PC ou notebook em um roteador WiFi.

Você pode transformar o seu PC portátil com Windows em um hotspot sem fio para que outros dispositivos se conectem a ele e compartilhem da mesma conexão com a internet. Isso pode ser especialmente útil caso você tenha um login único para usar em algum estabelecimento, como um hotel, mas possua mais de um gadget que precise estar online.

É isso aí: o Windows possui um “adaptador” de criação de ponto WiFi que não fica muito visível no sistema, mas que funciona sem problemas e permite tal função após uma rápida configuração que requer poucos passos, independente do método que você escolher. O sistema operacional oferece uma série de funções integradas para que você crie o hotspot, e você verá logo abaixo que essa não é a única forma de aproveitar essa ferramenta.

O site How to Geek publicou uma série de tutoriais que ajudam nessa configuração. Abaixo, você conhece algumas dessas alternativas, de acordo com a geração sistema operacional. Eles não exigem grande conhecimento técnico, mas preste atenção nas configurações.

O jeito fácil: Virtual Router

O software Virtual Router é um configurador de hotspot de código aberto que funciona de forma muito dinâmica. O programa em si é bastante leve, a interface é extremamente simples e você só precisa preencher alguns campos para começar a compartilhar a conexão com outros dispositivos. Ele ainda tem a vantagem de funcionar independentemente da versão do seu sistema operacional ou das ferramentas próprias que ele fornece – ou seja, você não precisa fazer os passos “Windows 7” ou “Windows 8” caso esse processo funcione.

A principal utilidade dele é fazer com que você se conecte a uma rede WiFi existente e, a partir do roteador virtual, seja o host de uma “nova” conexão. Há segurança garantida (criptografia WPA2) e nenhuma mágica para que ele funcione: o programa utiliza a própria API do Windows para rodar, porém de uma forma simplificada.

DOWNLOAD

Não há segredo: em “Network Name (SSDI)”, coloque o nome que você quiser para a conexão a ser compartilhada. Em “Password”, a senha de acesso para todos que desejarem a comunicação. Por fim, marque a opçao “Shared Connection” para “Wi-Fi” e clique em “Start Virtual Router”. Vale lembrar que você já precisa estar devidamente conectado a alguma rede sem fio neste momento.

O programa também permite a conexão via LAN, cabo, celullar e até a boa e velha dial-up (discada). Qualquer gadget com a capacidade de se conectar a uma rede WiFi pode utilizar a conexão criada no roteador virtual, mas vale lembrar que o ponto de acesso deve permanecer ligado e em uma faixa de espaço não muito distante dos demais dispositivos..

Deu erro?

É possível que alguns computadores sofram para habilitar o Virtual Router. A mensagem “Virtual Router could not be started” é frequente. Uma das formas de solucionar isso é habilitar o adaptador de hotspot manualmente e só depois partir para o programa.

Para isso, abra o prompt de comando do PC (digite cmd.exe na pesquisa) como Administrador e insira os seguintes códigos, um por um, seguidos da tecla Enter:

netsh wlan set hostednetwork mode=allow ssid=Test key=password

netsh wlan start hostednetwork

Depois dessa configuração, o seu computador provavelmente estará habilitado para usar o Virtual Router sem a mensagem de erro. Caso contrário, pode ser que o seu dispositivo não seja habilitado a criar um hotspot (certifique-se de que ele possui uma placa de rede sem fio pré-instalada, por exemplo), seja pelo tipo de aparelho ou do WiFi do local. De qualquer forma, você ainda pode tentar as alternativas abaixo.

O jeito menos fácil: configurando manualmente

Windows 7

No caso do Windows 7 sem o uso do Virtual Router, há uma interface pronta para a criação de uma rede. Vá até o Painel de Controle, acesse a opção “Central de Rede e Compartilhamento”. Lá, vá para “Configurar uma nova conexão ou rede”. Em seguida, selecione a opção “Configurar rede ad hoc sem fio (computador a computador)”.

Clique em “Avançar” e vá para a tela seguinte, que é praticamente a mesma do Virtual Router: selecione o nome da rede, o tipo de criptografia e a senha. Vá novamente para “Avançar” e conclua o processo.

Windows 8 e 8.1

No Windows 8, a Microsoft removeu a interface gráfica que permitia a criação de uma rede sem fio, mas a função ainda existe. Abra o Prompt de Comando (busque cmd.exe na Tela Iniciar e execute como Administrador).

O primeiro passo é configurar um hotstop WiFi criptografado por segurança WPA2-PSK (AES). Na caixa de texto, digite o seguinte código (com as aspas e colocando as informações necessárias no lugar dos termos indicados):

netsh wlan set hostednetwork mode=allow ssid=”INSIRA NOME DA REDE AQUI” key=”INSIRA SENHA AQUI”

Em seguida, coloque a linha a seguir, que serve como um comando para iniciar a transmissão da rede que você acabou de criar:

netsh wlan start hostednetwork

O último passo é o comando de exibição que mostrará a você alguns dados, como o número de clientes na rede e outras informações importantes. Digite:

netsh wlan show hostednetwork

Pronto! A partir de agora, outros dispositivos já podem se conectar ao hotspot criado.

Mac e Ubuntu

No Mac, clique no menu Apple, selecione “Preferências do Sistema” e vá em “Compartilhamento”. A opção que você procura é a “Compartilhamento de internet”.

Na nova janela, mude a criptografia para WEP, digite uma senha e altere o nome da rede, se você desejar. Selecione a caixa em “Compartilhamento de Internet”.

Para Ubuntu, o processo é ainda mais fácil. Vá até Sistema > Preferências > Conexões de Rede. Na aba de rede sem fio, vá ao item “Adicionar”.

A tela de configuração de um SSID e uma senha aparecerá – e, assim como nos métodos anteriores, você só precisa preencher as informações necessárias.

Conexão via cabo e outras alternativas

Você também pode usar a transmissão de conexões via Windows de outras formas: é possível compartilhar a conexão via Bluetooth PAN ou até um cabo Ethernet que esteja conectado ao seu PC.

Para isso, certifique-se de habilitar uma opção no sistema. Na Central de Rede e Compartilhamento, vá até a conexão em que você está no momento, acesse o painel “Status de Wi-Fi” e clique em “Propriedade”. Na aba “Compartilhamento”, deixe ambas as caixas da janela marcadas para que computadores conectados à sua rede ganhem o acesso. Conclua a operação e tente realizar o compartilhamento.

É claro que usar um cabo Ethernet para conectar o seu aparelho com uma eventual entrada ou carregar sempre um roteador WiFi com você são soluções igualmente funcionais, apesar de menos práticas.

FONTE(S)

IMAGENS

LEITOR COLABORADOR Douglas Melo


Deixe um Comentário

Translate »